BandCamp - Música Independente!
Bandcamp!
Site do Vagner Pitta: Acervo de jazz: discos e fotos!
Site do Pitta
Siga-nos no twitter: dicas, vídeos, links gerais sobre música!!!
Twitter/Siga-nos!
Confira todos os links que indicamos no Farofa Moderna Links!
Best Albums
Facebook do Vagner Pitta
Grupo no Facebook
Last.Fm - Playlists de Vagner Pitta
last.fm - Playlists
Confira nosso acervo de vídeos!!!
Great Videos!
contato.vagnerpitta@hotmail.com
OBS: Produtores, músicos, escritores e outros que quiserem divulgar no Blog Farofa Moderna, consultem nossas políticas na página ABOUT US e contate-nos.
Para uma melhor visualização do blog, use o navegador Google Chrome/To better view the blog, use the Google Chrome browser

Welcome to Blog Farofa Moderna! Search bellow:

Highlights: ensaios, lançamentos, curiosidades, posts mais lidos e etc

Música Erudita!
Eric Dolphy
Eletronic+Jazz!
London Improvisers
Hamilton de Holanda
Mario Pavone
Lançamentos!
Max Roach!

Views since May/ 2010

Translate

Max Roach Quartet - Live In Tokyo (1977)

Max Roach: considerado um dos libertários da bateria no Jazz



Geralmente, aqui no Brasil, quando se fala de Max Roach, lembra-se apenas dos tempos em que o baterista compôs o time do Bebop ou de sua sua parceria com Clifford Brown. Sim, foram épocas incríveis, como ele mesmo disse, mas ele também disse que não podia mais viver aquilo e tinha que seguir em frente: um dos exemplos de como o baterista seguiu em frente são estas gravações com seu quarteto nos anos 70. Foi um período de grandes inovações para Max através das suas associações com grandes músicos do Free Jazz como Archie Shepp, Anthony Braxton e Cecil Taylor. Ao lado temos um disco gravado com um formato composto por dois sopros, baixo e bateria: esse quarteto inusual tornou seu núcleo de criação até o fim, inclusive foi com essa formação que Max tocou pela última vez no Brasil, em 2000.



Nesta gravação, Max Roach lidera um quarteto formado por Billy Harper (brilhante saxofonista da chamada geração pós-Coltrane que tocou um breve período com Art Blakey e os Jazz Messengers, além de Randy Weston, Gil Evans, entre outros; seu trabalho mais importante é a gravação Capra Black de 1973, um clássico do movimento da consciência negra no Jazz, unindo a complexidade de composição do avant-garde e o Gospel), pelo trompetista Cecil Bridgewater (tocou com Art Blakey, Sam Rivers, etc, e permaneceu com Max em seu último quarteto, ao lado de Odean Pope e Tyrone Brown; atualmente leciona na Manhattan School Of Music, New School, William Paterson University e Juilliard School) e pelo contrabaixista Reggie Workman (que se tornou conhecido pela sua associação com John Coltrane e também tocou com Thelonious Monk, Art Blakey, Lee Morgan, etc; é atuante no cenário do Jazz Avant-garde atual e leciona na The New School For Jazz And Comtemporary Music em New York).



2 comentários:

Daniel Argentino disse...

Max Roach é muito fera. Eu curto os álbuns do Clifford Brown em que o Max Roach toca principalmente o " Study in Brown".

Jazz Drummer disse...

Isso aê. concordo com o Daniel e vou mais além, ele é um dos principais bateras de jazz de todos os tempos!!!

Outros Excelentes Sites Informativos (mais sites nas páginas de mídia e links)