BandCamp - Música Independente!
Bandcamp!
Site do Vagner Pitta: Acervo de jazz: discos e fotos!
Site do Pitta
Siga-nos no twitter: dicas, vídeos, links gerais sobre música!!!
Twitter/Siga-nos!
Confira todos os links que indicamos no Farofa Moderna Links!
Best Albums
Facebook do Vagner Pitta
Grupo no Facebook
Last.Fm - Playlists de Vagner Pitta
last.fm - Playlists
Confira nosso acervo de vídeos!!!
Great Videos!
contato.vagnerpitta@hotmail.com
OBS: Produtores, músicos, escritores e outros que quiserem divulgar no Blog Farofa Moderna, consultem nossas políticas na página ABOUT US e contate-nos.
Para uma melhor visualização do blog, use o navegador Google Chrome/To better view the blog, use the Google Chrome browser

Welcome to Blog Farofa Moderna! Search bellow:

Highlights: ensaios, lançamentos, curiosidades, posts mais lidos e etc

Música Erudita!
Eric Dolphy
Eletronic+Jazz!
London Improvisers
Hamilton de Holanda
Mario Pavone
Lançamentos!
Max Roach!

Views since May/ 2010

Translate

Strata Institute - Transmigration 1992

1. Against 2 (Steve Coleman) (5:43)
2. Mr. Lucky (Henry Mancini) (9:38)
3. Speake (Steve Coleman) (7:57)
4. Knowledge of Cult (Steve Coleman) (4:38)
5. If You Could See Me Now (Tadd Dameron, C. Sigman) (6:03)
6. Minor Step (Steve Coleman) (10:27)
7. Kahn (Greg Osby) (6:02)
8. Hey Jim! (Jams Moody, B. Gonzalez) (5:04)
9. Its You (Steve Coleman) (6:32)
10. Thebes (David Gilmore) (6:19)

Gravado em Janeiro de 1991 no Systems Two, Brooklyn, NY



Download









Strata Institute

da esquerda para direita

Kenny Davis - baixo elétrico e acústico
Steve Coleman - sax alto, produtor
Von Freeman - sax tenor
Marvin 'Smitty' Smith - bateria
David Gilmore - guitarra
Greg Osby - sax alto




Strata Institute é mais uma banda do produtor, altoísta e compositor Steve Coleman: o conceptor da filosofia e movimento denominado M-Base. Strata Institute é mais um dos inúmeros projeto de Steve Coleman. E Transmigration não é só mais um disco de M-Base, mas um dos melhores discos do gênero. A concepção aqui é tanto progressista quanto revivalista: é a concepção que, felizmente, institui o Jazz Americano desde os anos 80: é aquele sentimento que o músico americano tem de criar algo novo, proliferar as possibilidades rítmicas e harmônicas sem jamais esquecer sua cultura, suas tradições e origens; sem jamais esquecer Charlie Parker: o pai do Jazz Moderno. Essa ponte entre "passado" e "contemporâneo" fica clara nas frases, no aspecto ora funky ora bluesy, nas estruturas, nas composições e até no formato da banda: para valorizar o bebop dentro dessa banda, por exemplo, Steve Coleman chamou o grande saxtenorista Von Freeman, um dos gigantes não muito lembrado, mas que teve seu início justamente com a lenda Charlie Parker em 1950, chegando a tocar até com jupitariano Sun Ra. O lado mais polirítmico e mais progressista é constituído de uma gama de influências: o Free Jazz de Ornette, os estudos de filosofia e religião de Steve Coleman, algo do Fusion, o Funk, a politonalidade, a poliritmia, dentre outras. A bateria funky e polirítmica em marcações compostas de Marvin "Smitty" Smith, os dois sax altos Greg Osby e o próprio Steve Coleman dando consistência com arranjos, solos e improvisações intrincadas, a moderna base harmônica da guitarra de David Gilmore, e o eficiente baixo ora acústico ora elétrico de Kenny Davis, fazem desse disco um dos maiores registros do M-Base. Steve Coleman, como é de se esperar, não é só o grande líder, mas o grande compositor: as faixas 1, 3, 4, 6, 9 são obras de suas mãos. Há ainda a canção "Mr. Lucky" de Henri Mancini ao som do sax tenor de Von Freeman. Ainda engrossando o caldo dos standards vém "If You Could See Me Now" de Tadd Dameron e "Hey Jim!" de James Moody. David Gilmore e Greg Osby colaboram cada um com uma composição: "Thebes" e "Kahn" respecitivamente. Von Freeman, apesar da idade chegada na casa dos 60, parece frasear tão enérgico e contemporâneo quanto os jovens Greg Osby e Steve Coleman, dois dos grandes propulsores do M-Base, dois dos maiores altoístas que o Jazz Contemporâneo teve a honra de lançar.

Um comentário:

bernard n. shull disse...

hi mate, this is the canadin pharmacy you asked me about: the link

Outros Excelentes Sites Informativos (mais sites nas páginas de mídia e links)