BandCamp - Música Independente!
Bandcamp!
Site do Vagner Pitta: Acervo de jazz: discos e fotos!
Site do Pitta
Siga-nos no twitter: dicas, vídeos, links gerais sobre música!!!
Twitter/Siga-nos!
Confira todos os links que indicamos no Farofa Moderna Links!
Best Albums
Facebook do Vagner Pitta
Grupo no Facebook
Last.Fm - Playlists de Vagner Pitta
last.fm - Playlists
Confira nosso acervo de vídeos!!!
Great Videos!
contato.vagnerpitta@hotmail.com
OBS: Produtores, músicos, escritores e outros que quiserem divulgar no Blog Farofa Moderna, consultem nossas políticas na página ABOUT US e contate-nos.
Para uma melhor visualização do blog, use o navegador Google Chrome/To better view the blog, use the Google Chrome browser

Welcome to Blog Farofa Moderna! Search bellow:

Highlights: ensaios, lançamentos, curiosidades, posts mais lidos e etc

Música Erudita!
Eric Dolphy
Eletronic+Jazz!
London Improvisers
Hamilton de Holanda
Mario Pavone
Lançamentos!
Max Roach!

Views since May/ 2010

Translate

John Coltrane - A Love Supreme (Deluxe Edition) 1964


Ao Farofa Moderna meus agradecimentos pela oportunidade de participar como colaborador desta fantastica espressão musical - O Jazz -, na sua linguagem universal que tanto nos fascina. Pretendo postar os artistas que tenho afeição e conhecimento, como criadores e embaixadores do jazz como Miles Davis, Chet Baker, John Coltrane e outros vangardistas do cenário jazzistico. Começo com uma pérola criada pelas maõs de um genio: "A Love Supreme" de John Coltrane.
“A Love Supreme” é uma composição em forma de suíte jazzística, criada no apogeu da capacidade artística de John Coltrane e seus companheiros McCoy Tyner (piano), Jimmy Garrison (baixo) e Elvin Jones (bateria), como uma elegia, uma canção de louvor ao Senhor. Não é um blues (embora, obviamente uma ponta apareça por conta da extrema versatilidade das influencias e do conhecimento de Coltrane), nem gospel ( inspiração existe, mas como inspiração). É jazz, no seu extremo. Feita para tocar o sentimentos humanos, beirando no sublime religioso.
Em 1962, Coltrane parte para uma nova fase em sua carreira. Monta um grupo que se tornaria o quarteto clássico de uma época marcada por fortes mudanças no cenário jazzístico. O pianista McCoy Tyner, o baixista Jimmy Garrison e o baterista Elvin Jones formaram a base para a construção de um álbum que se tornaria referência para as gerações seguintes, e provocaria reflexões quanto às estruturas musicais definidas no disco. O álbum “A Love Supreme” foi concebido por Coltrane para ser uma suíte em quatro movimentos.
O primeiro e mais conhecido, chamado “Acknowledgement” inseriu elementos de orquestra como gongo e tímpano. As quatro notas executadas pelo baixista orientam o tema, que funciona como mantra para sua execução. O título do disco é a mais pura forma de expressão alcançada pelo quarteto. No final da faixa ouve-se o mantra falado por Coltrane, estabelecendo o final do movimento. O quarto movimento chamado “Psalm” representa a transcrição de um poema escrito pelo próprio Coltrane em música. Sua execução não segue um padrão rítmico definido, oferecendo liberdade total para os músicos. O segundo e o terceiro movimentos apresentam um estrutura musical mais regular com linhas melódicas simples.
O dia 9 de Dezembro de 1964 definiu um novo rumo para a carreira musical de Coltrane. Ele estava voltado à espiritualidade, e teve em “A Love Supreme” a chance de se expressar musical e espiritualmente. A partir de 64, os seus discos de jazz apresentavam títulos com mensagens políticas. Um grande exemplo foi no final de 1963: uma explosão de bomba em uma igreja negra matou quatro garotas. Do discurso de Martin Luther King sobre o acontecido, Coltrane escreveu o tema “Alabama”, usando os padrões rítmicos do discurso.
O disco refletia um despertar espiritual e político, e cruzava fronteiras culturais. Sua intenção era usar e colocar a espiritualidade em um rumo pacifista. Sua música durante muito tempo foi objeto de análise, crítica, objeções por parte da imprensa, e principalmente, lançou as bases da filosofia que guiaria seu trabalho. “Tocar certo significava, e exigia, viver certo”, dizia Coltrane. Ele conseguiu.
O segundo album inclui o Quarteto de John Coltrane, gravado no Antibes jazz festival.
Dica: A LOVE SUPREME - Ashley Kahn (editora Barrauda).

Pessoal:
John Coltrane (vocais, saxofone tenor); Archie Shepp (saxofone tenor)
McCoy Tyner (piano)
Jimmy Garrison, Art Davis (bass)
Elvin Jones (bateria).

Disc I
A Love Supreme Part I: Acknowledgement
A Love Supreme Part II - Resolution
A Love Supreme, Part III: Pursuance
A Love Supreme, Part IV-Psalm

Disc II
Introduction by André Francis
A Love Supreme, Part 1: Acknowledgement
A Love Supreme, Part 2: Resolution
A Love Supreme, Part 3: Pursuance
A Love Supreme, Part 4: Psalm
A Love Supreme, Part II-Resolution
A Love Supreme, Part 2: Resolution
A Love Supreme, Part 1: Acknowledgement
A Love Supreme, Part 1: Acknowledgement

Download Here Part.I
Download Here Part.II


2 comentários:

Roberto Cuzco disse...

coltrane quis mudar o mundo com sua música

bem, ele não conseguiu mudar o mundo das pessoas, mas mudou muitas pessoas que vive nesse mundo podre, além de ter mudado a música


coltrane foi um anjo de Deus na terra!

Anônimo disse...

Obrigado por disponibilizar estes álbuns de Coltrane e de todos os outras grandes nomes do jazz. Poder ouvir estas notas jazzísticas, a grande música, juntamente com o erudito e a bossa nova, é algum inenarrável e que eleva o espírito a um estado de sublimação, mesmo que por alguns minutos. Muito obrigado por este trabalho e por esta dedicação.

Outros Excelentes Sites Informativos (mais sites nas páginas de mídia e links)