BandCamp - Música Independente!
Bandcamp!
Site do Vagner Pitta: Acervo de jazz: discos e fotos!
Site do Pitta
Siga-nos no twitter: dicas, vídeos, links gerais sobre música!!!
Twitter/Siga-nos!
Confira todos os links que indicamos no Farofa Moderna Links!
Best Albums
Facebook do Vagner Pitta
Grupo no Facebook
Last.Fm - Playlists de Vagner Pitta
last.fm - Playlists
Confira nosso acervo de vídeos!!!
Great Videos!
contato.vagnerpitta@hotmail.com
OBS: Produtores, músicos, escritores e outros que quiserem divulgar no Blog Farofa Moderna, consultem nossas políticas na página ABOUT US e contate-nos.
Para uma melhor visualização do blog, use o navegador Google Chrome/To better view the blog, use the Google Chrome browser

Welcome to Blog Farofa Moderna! Search bellow:

Highlights: ensaios, lançamentos, curiosidades, posts mais lidos e etc

Música Erudita!
Eric Dolphy
Eletronic+Jazz!
London Improvisers
Hamilton de Holanda
Mario Pavone
Lançamentos!
Max Roach!

Views since May/ 2010

Translate

A fluência exepcional da compositora e flautista Léa Freire

Saiba mais sobre Léa Freire/ English and Portuguese Versions
No intuito de mostrar o brilho musical das mulheres o Farofa Moderna vem mostrando algumas resenhas com indicações de discos e biografia de algumas das mais brilhantes jazzistas femininas do universo do jazz e música improvisada. Já foi a Mary Lou Willians, a compositora Carla Bley, a bandleader Maria Schneider, a violinista Regina Carter e agora será a vez de falar sobre uma mulher de nossa pátria Brasil: Léa Freire foi a escolhida.

Léa Freire iniciou seus estudos ao piano erudito aos sete anos, o que lhe possibilitou escutar e estudar compositores brasileiros como Guarnieri, Villa Lobos, Radamés Gnattali e Souza Lima entre outros. Além dos brasileiros Léa conheceu a obra de Chopin, Bach, Debussy e muitos outros extrangeiros. Mas o espírito inquietante da moça o levou para terreiros estranhos como o do rock e logo após ao do Jazz e, assim, Léa foi percorrendo um curso que o levou à Bossa Nova e essa o levou ao Samba e ao Choro, até formar em sí sua linguagem composicional e improvisativa com um sotaque bem brasileiro. A flauta lhe pareceu perfeita para essa abordagem. Aliás, Léa também aprendeu saxofone e violão e até tentou aprender bateria. O fato é que atualmente Léa desfruta de um crédito que poucos instrumentistas brasileiros detém: Léa já tocou com a maioria dos grandes instrumentistas e artistas brasileiros tais como Alaíde Costa, Filó Machado, Nelson Ayres, Marlui Miranda, Hermeto Pascoal, Arismar do Espírito Santo, Djamandu Costa, Evandro (bandolim), Rosinha de Valença, Arrigo Barnabé, Itiberê Zwarg, Nenê, Nailor "Proveta Azevedo", Nico Assumpçâo, Elton Medeiros, Manezinho da Flauta, Guilherme Vergueiro, Michel Freidenson, Thomas Clausen, Leny de Andrade, Bocato, Guello, Mozar Terra e muitos outros, representantes das mais diversas tendências musicais. Além desse livre trânsito pela Música Instrumental Brasileira, Léa também anda cultivando um grande interesse por Música Erudita Brasileira e tem realizado projetos que traz uma grande intenção de unificar cada vez mais esses dois idiomas musicais.

Léa Freire with Mozar Terra Octeto - Boas Vindas


Nos últimos anos Léa vem realizando, cada vez mais, grandes projetos como produtora, compositora, arranjadora e educadora. É notável sua parceria com o trombonista Bocato no magnífico trabalho chamado Antologia da Canção Brasileira, um dos trabalhos mais significativos dos últimos anos que traz na versão instrumental os grandes mestres da canção brasileira como Tom Jobim, Cartola, Lupcínio Rodrigues, Ary Barroso, dentre outros. Ao todo já lançou 5 disco: em 1997 lançou "Ninhal"; em 1999 lançou "Quinteto" (com o flautista e saxofonista Teco Cardoso ); em 2005 lança "Antologia da Canção Brasileira", volumes um e dois, com Bocato. Em 2007 Léa amplia a sua ousadia num mega projeto orquestral intitulado "Cartas Brasileiras": o disco vém com o maestro Gil Jardim, Nailor Proveta Azevedo, Paulo Belinatti, André Mehmari, Felipe Senna, Mozar Terra, Daniel D’Alcântara, Igor Sarudiansky, Izaias Almeida, Israel Almeida, Horacio Schaefer, Alceu Reis, Liuba Kletsova, Edu Ribeiro, Joel Ostiger e orquestra convidada. Então vê-se que Léa sempre vém acompanhada de uma grande multidão de "monstros" da Música Instrumental Brasileira contemporânea. Para realizar tantos projetos, Léa tem o amparo de sua própria gravadora a Maritaca Produções Artisticas, um dos selos que mais vém promovendo a altíssima música de qualidade no Brasil.

3 comentários:

Bruno disse...

Sensacional ela. Esse chorinho que delicia. Pena que nao achei nada pra baixar dela.
Valeu Pitta!

John Lester disse...

Prezado Vagner, parabéns pela resenha e parabéns pelo blog, cada dia melhor. Organizado e repleto de informações precisas sobre música instrumental de qualidade. Minha única dúvida é quanto à oferta de download de álbuns, tema ainda bastante polêmico e sobre o qual já manifestei minha opinião no Jazzseen. Hoje mesmo estarei incluindo o seu blog entre os links que disponibilizo aos visitantes.

Grande abraço e sucesso para o Farofa Moderna.

John Lester.

Vagner Pitta disse...

...


obrigado pela preferênicia caro colega...


estou procurando distinguir meu blog dentre tantos outros da internet oferendo discos para download fora de catálogo e coisas bem undegrounds...quero que meus colaboradores tbm não coloquem mais discos comerciais...enfim na verdade o certo é não oferecer nada, pois tenho visto o barulho que está acontecendo por aí a respeito desses downloads...mas quando eu iniciei o blog, ainda não tinha ciência disso...agora tenho de ir aos poucos fazendo uma transição de transformar o blog em mais um reduto de informações do que de downloads...


mais uma vez obrigado por colocar meu blog entre seus links...

Outros Excelentes Sites Informativos (mais sites nas páginas de mídia e links)